Os 7 erros mais comuns de quem estuda para concursos

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×

Cada dia está mais difícil conseguir a aprovação em um concurso público. A cada ano a concorrência aumenta, ainda mais em épocas de crise, em que todo mundo sonha com uma estabilidade.

Segundo a ANPAC (Associação Nacional de Proteção e Apoio aos Concursos), mais de 12 milhões de pessoas realizam seleções por todo o Brasil. Isso quer dizer, que se você quer garantir a sua vaga em concurso público deve se planejar, estudar muito e evitar os erros comuns de quem estuda para concursos.

#Erro 1: Fazer todos os concursos abertos

É muito comum as pessoas que começam a estudar para concursos não ter foco nenhum e se inscrever para todos os concursos que tiverem abertos. O problema dessa prática, é justamente a falta de foco e direcionamento nos estudos uma vez que os editais desses concursos são diferentes, bem como as bancas examinadoras. Então, você fica perdido sobre que concurso priorizar e que matérias estudar e acaba perdendo tempo e dinheiro com tantas inscrições e materiais para estudo.

A solução para corrigir esse erro tão comum de quem estuda para concursos é escolher uma área de concursos, por exemplo: concursos policiais, concursos bancários, concursos agencias reguladoras, pois assim você estará sempre estudando um grupo de matérias que são comuns a essas áreas e quando sair o edital você só terá que fazer pequenos ajustes nas matérias que está estudando.

#Erro 2: Observar apenas o número de vagas ou a remuneração

Muitas vezes as pessoas esquecem seu interesse pessoal, sua vocação e experiência e só focam em qual cargo tem mais vagas ou o melhor salário. Isso é um erro duplo, pois caso você escolha um cargo usando esses critérios em detrimento das suas aptidões, talentos e interesse pessoal, as chances de pouco tempo depois da sua posse você estar frustrado, fazendo um trabalho que você não gosta são bem grandes e logo você estará  na corrida de ratos novamente atrás de um concurso melhor.

Outro problema de focar nos cargos com mais vagas, é que a maioria das pessoas também vai usar esse critério, fazendo com que muitos candidatos se inscrevam para essa vaga e o que faz com que fique mais difícil e concorrido garantir essa vaga.

Minha dica é que você leve em consideração o que você gostaria de fazer, onde gostaria de trabalhar, quais são seus talentos e aptidões e com essas informações veja os cargos que tem haver com você e que além te dar estabilidade, também vão te dar bem estar e felicidade de fazer algo que você gosta.

Esse é um erro clássico, que eu mesma já cometi diversas vezes. Por exemplo, quando passei para o concurso de Papiloscopista da Polícia Federal, fiquei feliz de ter conseguido passar, mas ai caiu a ficha que eu não queria morar em outro estado e abandonar minha família aqui no Rio e acabei desistindo da vaga. Se eu tivesse avaliado isso antes, eu poderia ter gasto meu tempo e energia para estudar para um concurso que tivesse mais alinhado com minhas expectativas.

#Erro 3: Só começar a estudar depois do edital

Esse é um grande erro, depois que o edital sai, demora de 45 a 90 dias para a prova acontecer. Ou seja, você terá muito pouco tempo para estudar todas as matérias que estão no edital e é bem provável que você não consiga estudar de forma adequada para conseguir um bom resultado.

menina estudando

Por isso, o ideal é você estar constantemente estudando aquelas matérias que sempre caem, e se você já tem um concurso em vista, mas ele não liberou o edital ainda, dê uma olhada no edital anterior e comece a estudar com base nele. Quando o edital sair, você terá que fazer pequenos ajustes nos estudos de uma matéria ou outra que mudou do edital anterior para o atual e com isso estará muito a frente da maioria dos outros candidatos.

#Erro 4: Não planejar seus estudos

Esse pode ser um erro fatal! O planejamento dos estudos é uma das partes mais importantes para quem quer ter êxito em concursos. Pois com um planejamento errado você vai perder tempo e comprometer seus resultados.

O primeiro passo para fazer um planejamento adequado é definir quanto tempo você terá disponível para estudar por dia. Depois de saber quanto tempo você tem disponível, você terá que ver no edital do concurso (se ele ainda não saiu veja o edital anterior) as matérias que vão cair e o peso de cada uma. Com essa informação em mãos, você vai montar um cronograma de estudos, em que você terá que estudar todas as matérias que vão cair. Eu gosto muito de estudar por ciclos, pois assim você garante que estará sempre estudando todas as matérias, em outro artigo explico melhor como funciona o estudo por ciclos. Agora é com você colocar o planejamento em prática, pois um planejamento perfeito, sem execução não serve de nada!! Mãos a obra!

#Erro 5: Não levar em consideração o estilo da banca examinadora

Muitos candidatos não acham importante conhecer o estilo da banca examinadora, mas quem já está nessa vida de concursos a um pouco mais tempo sabe que esse é um erro que pode fazer a diferença entre você estar classificado ou não para um concurso. Conhecer a banca examinadora, e fazer muitos e muitos exercícios e provas anteriores dessa organizadora é fundamental, para conhecer o estilo das questões e identificar os pontos recorrentes em cada matéria. Esse é um dos segredos dos aprovados, estudar com base em provas anteriores da banca.

bancas organizadoras
Faça provas anteriores

#Erro 6: Não ler o edital

É comum a pessoa que estuda para concurso, ver que tem um edital aberto, abrir o edital e só olhar o quadro de vagas e o cronograma. Para essas pessoas ler o edital se resume a isso. Mas é fundamental, ler o edital por inteiro, eu sei que é chato, mas é um mal necessário, pois com a leitura adequada, vemos os pré-requisitos para os cargos, descobrimos se as questões tem pesos diferentes, e todos os outros detalhes referentes ao concurso em questão e assim evitamos ser pegos de surpresa com algum detalhe desconhecido.

#Erro 7: Não fazer simulados

Esse erro também é responsável por tirar muitas pessoas da lista de aprovados. Pois fazer simulados é fundamental para você colocar em prática o que vem aprendendo, bem como te deixar pronto para o dia da prova, pois fazendo simulados você estará preparado a ficar várias horas fazendo uma prova sem ser interrompido por celular ou qualquer outra distração. Também serve para você montar sua estratégia para execução da prova, por onde você vai começar a fazer a prova, se vai pular as questões difíceis, se tiver redação em que momento fará sua redação. Assim, quando chegar no dia da prova, você já terá tudo esquematizado para executar a prova e terá total controle do tempo para cada questão.

Faça um simulado/mês
Faça simulados

Por hoje é isso… Espero que conhecendo os maiores erros de quem estuda para concursos, você consiga evitá-los e melhorar seus resultados nos próximos concursos púbicos. Se você tem um sonho e esta determinado e comprometido a alcançá-lo é só uma questão de tempo para realizá-lo.

Aqui vai o resumo do que falei sobre os maiores erros de quem estuda para concursos:

#Erro 1: Fazer todos os concursos abertos

#Erro 2: Observar apenas o números de vagas e remuneração

#Erro 3: Só começar a estudar depois do edital

#Erro 4: Não planejar seus estudos

#Erro 5: Desconhecer a banca examinadora

#Erro 6: Não ler o edital

#Erro 7: Não fazer simulado

Se gostou do artigo compartilhe com seus amigos, e deixe um comentário com sua opinião aqui em baixo, pois assim conseguimos estar sempre melhorando o conteúdo para você.

Quer mais dicas?

Deixe seu email aqui e receba muito mais dicas que vão deixar você muito mais próximo da sua tão sonhada vaga.

privacy Relaxe...nós não enviamos spam

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×